Por que Estudar Filosofia?

Vejamos, essa pergunta tem uma profundidade filosófica incrível, vamos ver se consigo dar conta!

De forma direta quem faz essa pergunta indiretamente já induziu a uma resposta, ou seja, estuda-se Filosofia para se conhecer a verdade! Eu diria que não é bem o caso. Mesmo porque a Filosofia é a arte de fazer perguntas e não de fornecer respostas. É claro que quanto melhor você faz suas perguntas a correção de sua resposta será, estatisticamente, maior.

Como tenho influência kantiana em minha formação, além,claro da grande influência piagetiana, eu diria que não se estuda filosofia para aprender a filosofia, mas se estuda filosofia para aprender a filosofar. Filosofar é uma atitude e não o acúmulo de conhecimentos. É uma ação diferenciada diante do mundo. Uma ação crítica diante das supostas “verdades” que nos são apresentadas diariamente. Por isso, o porquê estudar filosofia não é, pura e simplesmente, para conhecer a verdade, mas para saber perguntar, diante das “verdades” estabelecidas e, com isso ter uma atitude crítica.

Assim, conhecer a verdade não é o objetivo último da Filosofia, mas sim, preparar pessoas com uma atitude crítica. Pois não se aprende filosofia mas sim a Filosofar!

Tanto é assim, que diante da pergunta que pretende ser resposta a essa, ou seja, “Conhecer a verdade”, a primeira coisa que o filósofo faz não é dizer que sim, que se estuda filosofia para se conhecer a verdade, mas devolve a pergunta: “o que é a verdade?”. Essa é, talvez, a pergunta mais difícil a ser respondida, buscam resposta a ela a pelo menos 2500 anos, ou seja, a própria Filosofia nasce tentando responder a essa pergunta, várias possibilidades surgiram, mas nenhuma satisfez, pois sempre surge uma nova pergunta que coloca em cheque a resposta vigente.

Quanto ao valor da verdade, ou que ninguém lhe dá o devido valor… o grande problema ai é a absolutização de uma posição, ou seja, a imposição de uma “possibilidade de verdade” que deve ser aceita e seguida por todos indistintamente, mas quem disse que as coisas devem ser assim? Não há uma verdade absoluta, não há padrões absolutos que devem ser seguidos a risca por todos em todo lugar a qualquer tempo. Somos livres, autonomos e racionais e isso nos dá condições de agirmos por nós mesmos. No site http://unir.academia.edu/vicentemarcal tem um texto meu sobre o “Desenvolvimento Moral: Fim último do ser racional”, em que, seguindo a argumentação kantiana, traço como nossa racionalidade chega à leis universais de conduta. Acredito que lá temos mais subsídios para entender todo esse processo. Pois o que é universal e necessário é a racionalidade e é ela que nos dá condições de estabelecermos a nós mesmos as leis que vamos seguir e isso é o que chamamos de autonomia!

A questão proposta é extremamente ampla e complexa, mas espero que nessas poucas palavras posso ter lançado luz na busca do esclarecimento!

5 comentários

  1. Poxa gostei muito , mais acho que sua resposta poda ter sido maid direta , pois com a leitura deste texto as vzeses esquecemos o verdadeiro motivo de estarmos perguntando sobre a filosofia , eu mesmo , já nem estava lembrando que vim aqui para saber o porque de estudar filosofia , queria uma resposta concreta , mais acho que vc nao colocou a resposta de uma forma direta pra quem ler . Mesmo assim deixo aqui meus agradecimentos , pois aprendi mais um pouco sobre a filosofia , talvez eu nao tenha achado a resposta pra minha pergunta , mais achei algo que vai ser muito útil nesse ano ketivo para mim . Obrigado , atenciosamente Thais Ferreira 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *